quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Aldeias Vinhateiras

O programa “Aldeias Vinhateiras do Douro” nasceu em 2001 pela mão da AIBT do Douro e está agora avançar em grande ritmo através do Programa ON – Operação Norte. Com o objetivo principal de criar uma dinâmica de regeneração e valorização das aldeias do Douro Vinhateiro, através da revitalização socioeconómica, da fixação da população, da reabilitação dos espaços públicos, do fomento da cultura popular, do reforço da promoção turística do Douro, este projeto tem na recuperação urbana e paisagística das aldeias uma das suas vertentes mais visíveis.
As seis aldeias demarcadas (Barcos, Favaios, Provesende, Ucanha, Salzedas e Trevões) merecem ser conhecidas e visitadas. Vale a pena ver a recuperada arquitetura dos solares das suas Praças centrais; visitar os mosteiros e fachadas restituídos da sua dignidade e imponência; descobrir antigas receitas resgatadas durante os trabalhos de restauro e fixar os olhos nas renovadas varandas características destas aldeias encantadoras.
O projeto engloba um portal das Aldeias Vinhateiras com todos os pormenores sobre como chegar até às seis belas aldeias. Com propostas magnificas de seis fins de semana diferentes, este site desvenda os tesouros das aldeias e mostra como estas encantam pela riqueza cultural, monumental, histórica e paisagística, através de pacotes turísticos que incluem alojamento, refeições, acesso a espetáculos, provas de vinho, entre outras atividades. O Festival das Aldeias Vinhateiras, cuja primeira edição aconteceu entre Setembro e Outubro de 2007, contemplou mais de 80 espetáculos e 25 ateliers para crianças e manterá, ano após ano, a dinâmica de animação cultural nas aldeias.
As sugestões apresentadas são apenas parte do que as Aldeias Vinhateiras têm para oferecer. Combinam diversão, cultura e novas experiências, partilha de conhecimentos, descoberta de um património único e uma história viva, num ambiente mágico e sempre acompanhados por produtos genuínos e de excelência e um serviço de qualidade.

Mais uma iniciativa a "agitar" o Douro!

Sem comentários:

Publicar um comentário