quarta-feira, 21 de março de 2012

Diário de Bordo XIV

Nota: não há concordância entre os factos apresentados e a data da sua publicação no blog. Por motivos que nos são completamente alheios não puderam ser publicados no respetivo dia do sucedido. O relato seguinte reporta-se ao dia   20 de março de 2012. 

Excecionalmente, a nossa reunião realizou-se na terça-feira à tarde (devido à visita de estudo). A visita de estudo particularmente inspiradora do dia anterior, deixou-nos cheios de ideias e forças e convicções  renovadas para prosseguir com a  nossa empreita. O nosso enredo aproxima-se vertiginosamente do seu clímax.  
Mas desengane-se quem pensa que a viagem  caminha para a reta final. Muito pelo contrário. O trabalho mal começou. 

Uma coisa é ter ideias; articulá-las e estruturá-las num texto narrativo é outra bem diferente. Porém, nada tememos. Herdamos o espírito forte daqueles que contrariando os fados, subjugaram a rebelde natureza destes montes escarpados transformando-os naquilo que hoje conhecemos como o Douro. 

Fiquem atentos às próximas postagens! Revelações supreendentes muito em breve!  

Sem comentários:

Publicar um comentário